um pensamento …

Já ouvir dizer que é bom falar, não guardar rancor, e não ficar guardando sentimento pra si mesmo que não faz tão bem. Tem acontecidos algumas coisas que me fizeram lembrar algumas situações pelas quais já me compliquei de certa forma, ao invés de agir pela razão meu coração foi mais forte e isso me faz aprender algumas coisas pelas quais eu me expressando através da fala não da muito certo, prefiro escrever, talvez me expresse melhor ou ache que essa é a melhor forma. Bom, nem sempre agimos da forma mais correta, mas buscamos agir. Sei que alguns já se decepcionaram comigo, algumas vezes sou um pouco grossa e falo sem pensar e depois que a palavra é jogada no ar que vejo o quanto foi absurdamente incorreta a minha colocação naquele determinado momento. Sou de poucos amigos, de ficar mais em casa do que sair todos os finais de semana possíveis da minha casa e ficar rodeada de pessoas pelas quais são consideradas do meu circulo de amizades. Tenho alguns amigos que são mais presentes que os outros, e isso muitas vezes me decepciona pelo fato de eu perder grande parte do meu tempo investindo em algo incerto, mas prefiro arriscar, posso estar parecendo radical demais, mas do jeito que as coisas andam indo tenho até medo do que virá no futuro. Eramos em cinco pessoas, numa sala com cerca de trinta a trinta e cinco pessoas, mais conhecidas como jovens rebeldes buscando uma formação para ingressar numa faculdade, até ai tudo bem, até que um desses cinco foi meio que afastado do grupo, por questões incertas, ficaram-se quatro pessoas, nas quais tudo era motivo para se juntar nem que fosse para uma tarde de bate papo, até que um novamente toma um outro caminho e se afasta dos demais. Tudo foi se ajeitando e com o passar do tempo o que era saudade se transformou em rotina, mas algumas coisas mudaram, pelo meu ponto de vista. Não sou muito de falar o que observo mas nessa caso resolvi abrir meu pensamento sobre o assunto. Ai se depara com uma situação totalmente diferente do que estava acostumada. Até que surge uma nova pessoa e se tornam novamente quatro pessoas mas com uma nova formação, ao meio de piadas e risos a vida foi seguindo.

Nesse caso se encerra essa parte e se entra em outro ponto…

o ponto do pensar e agir pelo coração e não pela razão como estava dizendo anteriormente onde eu mesma consegui cortar meu raciocínio. Bom tinha um amigo que era pra ser chamado assim até hoje, mas graças a mim mesma a coisa mudou, de tão amigos que eramos decidi achar que eramos mais que isso, e não era, mas agora não adianta falar mais nada, foi ai que fiz uma burrada e adivinha ocorreu a famosa palavra conhecida como afastamento, mudança de ares e ai que tudo mudou e continua assim até hoje, algumas vezes ainda puxo conversa mas ele sempre arruma um jeito de encerrar o assunto ou me deixar falando sozinha. Essa não é uma maneira muito agradável mais me fez pensar em muita coisa, principalmente da forma que eu falo com diversas pessoas, onde na maioria das vezes sou rude, ou coisa pior como estou acostumada a ouvir, porque tenho um ouvido muito bom claro, porque se acha que eles falam isso pra mim nem sempre, conheço três pessoas que são de falar na cara o que estão pensando sem medo da reação da pessoa. Mas independente de tudo a vida segue e não é por cada barreira que tiver no caminho que eu vou desistir dos meus objetivos.

Porque quem faz nosso dia somos nós, se você não está feliz, procure sua felicidade, muitas vezes é em um simples momento que você encontra felicidade e muitas vezes você nem sabe. Acredite, muita coisa pode mudar, só depende de você dar o primeiro passo!

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: